Image and video hosting by TinyPic

quinta-feira, janeiro 26, 2006

Skinheads e Oi Vs libertação animal, vegetarianismo…


Pois é…se estavam à espera do típico site que só iria falar de bebedeiras, futebol, porrada, sexo e coisas do género, desenganem-se. Não é que os tópicos atrás referidos não sejam importantes…claro que são! Mas quando enquadrados na realidade do nosso dia a dia. E a seu tempo irão ser notícia, quando isso se justifique, aqui no blog. Não é por se ser skinhead ou partilhar alguns ‘gostos’ desta cultura que se tem de ser feio, porco e mau. Alguns enquadram-se nesta última descrição, mas muitos não! O problema não está em seres isto ou aquilo. Geralmente os problemas aparecem quando queres impor o teu ponto de vista aos outros, ou as tuas acções entram de forma prejudicial, e sem consentimento, no campo privado ou vida de outra pessoa.

Esclarecido isto, queria então abordar, não dogmaticamente, um tema que poderá ser ´rotulado’ de cariz político-social e ambiental-saúde.

Skinheads, libertação animal, vegetarinsimo…

Um skinhead ou alguém que se identifique com esta sub-cultura pode ser vegetariano ou defender os direitos dos animais. A minha resposta é clara: Sim! Um skinhead é um individuo que como qualquer outra pessoa é influenciada pelas mais diversas manifestações político-sociais e culturais que o rodeiam. A diferença é que geralmente o skinhead é um individuo que não tem medo de assumir as suas convições e defende-as com unhas e dentes. Não comer carne ou ser mesmo vegetariano, defender o bem estar animal, repugnar-lhe a tourada, etc são escolhas individuais. Ninguém tem nada que ver com isso. Até posso ir mais longe. Não comer carne é uma escolha individual agora mal tratar animais, abandonar animais…é crime. Quem não gosta de animais não os tem. Quem tem animais ou os trata bem ou tem de responder pelos maus tratos. Ponto acente!

Outra situação que a mim me repugna é a utilização de produtos de beleza e cosméticos experimentados em animais. Uma pessoa para andar limpa não precisa da grande maioria de produtos que existem no mercado e são publicitados a toda a hora. As pessoas aburguesaram-se e compram montes de porcaria que não necessitam para ter uma vida saudável. Muitas marcas apesar de já não necessitarem de experimentar os seus produtos em animais, pois já existem muitas alternativas, continuam a sacrificar a vida de animais inocentes . Na minha oipinião temos de lutar contra o consumismo exarcerbado, contra o aburguesamento do nosso dia a dia e voltar a ter uma vida mais simples!

Em Portugal tenho conhecimento de vários skinheads e simpatizantes desta sub-cultura que não comem carne, são vegetarianos e esporadicamente participam ou apoiam no mais variado tipo de campanhas ou acções que se enquadram no campo da libertação animal. Alguns mesmo são ‘sócios’ de associações ambientais que se preocupam com o bem estar animal. Na minha opinião esta é uma forma positiva de intervenção na sociedade.

Em seguida deixo três exemplos reais de bandas Oi! e organizações de skinheads que expressam a sua simpatia pelos direitos dos animais.

Los Fastidios - Banda Oi!-Streetpunk italiana - Animal Liberation.

Los Fastidios - ‘Animal Liberation’ - MP3
Los Fastidios - ‘Animal Liberation’ - Vídeo

Los Fastidios - ‘Animal Liberation’ - Letra

Io vorrei sapere dov'è scritto
che per gli animali non esiste alcun diritto
FIGHT FOR ANIMAL FIGHT 2X
Io non posso più restare indifferente alla violenza
sul mondo animale in nome della scienza

Ritornello

Basta ai vostri esperimenti più diritti agli animali
apriremo quelle gabbie vili ecocriminali
Animal Liberation Animal Liberation Animal
Liberation World

Strofa 2

Milioni di animali torturati ogni giorno
per il business della moda dell'industria e dei suoi boia
FIGHT FOR ANIMAL FIGHT 2X
Il tuo diritto all'eleganza non può certo prevalere
sul diritto di sopravvivenza di un essere vivente

Ammassati su quei camion senza il minimo rispetto
gli indifesi più indifesi che san già di andare a morte

Strofa 3

Io vorrei sapere dov'è scritto
che per gli animali non esiste alcun diritto
FIGHT FOR ANIMAL FIGHT 2X
Guardo in quegli occhi tristi chiusi dentro quelle gabbie
Stop a questa crudeltà, piegheremo quelle sbarre

The Business
- Sabotage The Hunt - do álbum "Suburban Rebels"

"Sabotage The Hunt"

Lying in wait they come
Dressed in red of course having fun
Trumpets blow height of their day
Fox will die if they have their way

[Chorus:]
Sabotage [x3] the hunt today
Sabotage [x3] it anyway

Here they come with horse n' hounds
Middle class murders must be blocked
Destruction of wildlife must be stopped

Go near their houses and you'r kicked
Try to stop 'em and you'll be nicked
They're protected by the law
All we do is watch in awe!

SHAFT

Skinheads Against Foxhunting (Skinheads contra a caça à raposa)


"A bunch of skinheads who pull people off their horses"

Como podem ver pelos três exemplos atrás demostrados o tema do bem estar animal não passa ao lado da nossa sub-cultura. A música dos Los Fastidios aborda o tema numa perspectiva mais profunda. Cantam a total libertação animal. A música, principalmente o refrão, é muito bonita. Agora cada um é que deve escolher até onde deve ir a libertação animal. Para esta banda italiana a libertação deve ser total.
Na música dos The Business e no grupo de Skinheads ingleses contra a caça à raposa além de uma atitude de defesa animal está também implícita uma crítica dura às classes altas.

Links
vários para sites relacionados com o tema aqui debatido:

Fonte: Los Fastidos / The Business / Shaft

Etiquetas: , , ,

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]



Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial


 

 

free website stats program