Image and video hosting by TinyPic

quarta-feira, dezembro 05, 2007

The Aggrolites - Review e fotos (Portugal - Linda-a-Velha)

Local: Academia de Linda-a-Velha (Um ‘daqueles’ espaços colectivos que ainda vai resistindo por Lisboa e arredores e que tanto têm valido à cena underground). A Academia é uma colectividade local. No andar de cima encontras uma ‘pequena’ sala (bem cheia poderá levar quase meio milhar de pessoas) com palco. Por baixo fica uma sala de convívio, com bar, mesa de snooker e televisão com tv-sport a dar bola. A Academia tem ainda um pátio-esplanada que fica sempre a abarrotar no intervalo dos espectáculos.

Foi neste cenário que na passada sexta-feira, dia 23 de Novembro, entre centena e meia e duzentas pessoas se reuniram para ver os americanos The Aggrolites e os portugueses Humble e The Ratazanas. O frio apertava. Lá dentro, o ambiente era composto por fãs da primeira linha da banda de Los Angeles e mais alguns amigos e seguidores das bandas nacionais presentes.


Primeiro, para minha surpresa, a evolução dos The Ratazanas, composto por alguns elementos dos Contratempos. Num registo ao vivo, cheio de garra e animação. Agarraram o ainda pouco público presente. Temas rápidos e com refrões orelhudos prejudicados apenas pelo som. Early Reggae com um excelente som de órgão fazem dos The Ratazanas uma banda única no panorama musical nacional. Gostei, dancei e vou acompanhar de perto estas Ratazanas.

Os Humble, também foram uma surpresa. Ska nacional mais próximo do tradicional e longe dos tempos em que os Sublime seriam uma das suas grandes influências. Sem tirar mérito aos restantes membros da banda, damos nota mais ao vocalista, cheio de garra e carisma.


Quando os The Aggrolites subiram ao palco a sala já se encontrava muito bem composta. Os rapazes de Los Angeles dão-lhe com o corpo e com a alma e é caso para dizer Reggae Hit Linda-a-velha. Atacaram com o tema Banana e a partir dai foi sempre a abrir.


Dirty Skinhead Reggae’ liderado por Jesse Wagner na voz e sempre excelentemente acompanhado pelas teclas de Roger Rivas. No baixo, J Bonner, fazia lembrar o Paul Simonon dos The Clash. O Guitarrista Brian Dixon com a sua experiência em bandas Punk, Oi!, HC, Ska era a pessoa certa no sitio certo. Menos visivel, mas não menos profissional, o baterista, que segundo apurei tocou com os Rancid, fechava este quinteto diabólico.



Foi um concerto muito quente, cheio de reggae e ska, sem paragens, numa sessão infernal. O set musical dos The Aggrolites passou pelos seus três discos de originais (‘Dirty Reggae’, ‘The Aggrolites’ e ‘Reggae Hit L.A'). Claro que temas como: ‘Funky Fire’, ‘Don’t Bring me Down’ e ‘Free Time’ fizeram parte desta noite musical. O público respondia bastante bem, dançando e cantando, ao aggro reggae. Os mais entusiastas eram sem dúvida uma dúzia de skinheads que se podem considerar um género de adeptos hardcore destes sons.



Para terminar em grande ofereceram-nos um medley, cantado a plenos pulmões por muitos dos presentes, onde , só para terem uma ideia, os temas de abertura são somente o Skinhead Moonstomp e Wet Dream (Coloco aqui um video da sua actuação em Barcelona onde tocam o medley aqui descrito). O medley prossegue com outras jóias, onde até podes encontrar referências aos Beatles e The Clash. Sem dúvida foram umas horas bem passadas em boa companhia, com uma banda sonora excelente. Os The Aggrolites não nos deixaram ficar mal, muito pelo contrário, o seu som e presença quente foi essencial, para aquecer a malta nessa noite fria de sexta-feira. Até deixei a Vespa em casa! coitadinha...

The Aggrolites - Live in Barcelona (Medley)




Fonte: Vespa Gang (com alguns acrescentos e alterações do Cropnº1) / Xuxa Jurrásica.

Etiquetas: , , , , , ,

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]



Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial


 

 

free website stats program